A minha agenda ajuda-me a organizar o meu tempo

21:10

"Não tenho tempo!" Esta é uma das frases que mais ouço e mais digo. A verdade é que quando queremos, arranjamos tempo para tudo e mais alguma coisa. 

A meu ver é necessário estabelecer prioridades: o que tenho de fazer obrigatoriamente hoje? o que posso deixar para amanhã? tenho tempo para fazer daqui a uma semana? Depois é importante que nos mantenhamos fieis às metas estabelecidas, caso contrário entramos numa avalanche de incumprimentos que nunca mais termina e desanimamos.

Um dos meus truques para definir objetivos é ter uma agenda sempre comigo. Assim, se há algo importante a lembrar, aponto. Atenção: não adianta ter uma agenda só por ter; se não for para consultar assiduamente não vale a pena. Tento sempre cumprir as tarefas definidas para aquele dia e, se por algum motivo não conseguir, tenho de executar essa tarefa no dia imediatamente a seguir. Já me organizo assim há muito tempo e penso que tem resultado muito bem.

Na minha agenda costumo escrever as tarefas com cores diferentes. Primeiro porque não se torna tão massador consultá-la e depois porque assim sei logo distinguir a importância das atividades. Para tarefas que se repetem mensalmente uso um post-it colorido que depois mudo para o mês seguinte (algumas destas atividades são: mandar a contagem da luz e da água, pagar a renda, etc.).

Sempre que concluo uma tarefa coloco um visto. Acreditem que este pequeno símbolo faz toda a diferença! Parece que o meu cérebro faz clique quando todos os compromissos têm um vistozinho. Por outro lado, quando não consigo alcançar o objetivo ponho uma cruz, em sinal de incumprimento.

Atualmente há agendas para todos os gostos e feitios. Há grandes e pequenas. Há diárias e semanais. Na minha opinião, devemos escolher a que se adapte mais facilmente ao nosso dia a dia e que nos atraia a usá-la. Durante o meu percurso académico utilizava agendas diárias porque as tarefas que tinha para executar eram muito variadas. Agora, que não tenho necessidade de tanto espaço, prefiro uma semanal porque sendo mais fina é muito mais fácil de arrumar na mala. Para além disto, a agenda semanal permite uma visão mais geral da carga de trabalho para toda a semana o que facilita a organização.

Uma das coisas que tenho em atenção quando compro uma agenda é se tem ou não um elástico exterior. Gosto de colocar alguns documentos de interesse na agenda uma vez que a trago sempre comigo. Também gosto que tenha uma fitinha que me permita marcar a semana em que estou.

Na esperança de que tenham gostado de ler tanto como eu gostei de escrever, deixo-vos aqui uma fotografia da minha agenda que comprei sem elástico e sem fitinha, mas que agora está completamente ao meu gosto!






You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images